ideias

UM MONTE DE IDEIAS

Written by Giovanni Nunes on . Posted in Crônicas e Artigos

É fato que não conseguimos colocar no mundo real tudo o que imaginamos, mas nem por isto devemos nos furtar de direcionar parte de nosso tempo e tentar executar nossas ideias.

Sigo um raciocínio que aqueles que inventam a vida ou o modo de como podemos facilitar nossa existência e sobre maneira o que significa este momento que temos aqui neste plano terreno não são apenas meros sonhadores, são muito mais que isto, mas muitas vezes são incompreendidos.

Imagine se pudéssemos voltar no tempo em cinco ou seis décadas e descrevêssemos o mundo de hoje para as pessoas será que nossa ideia de futuro seria bem recebida? Acredito que no mínimo seriamos chamados de loucos.

Como explicar para alguém neste passado que um dia estaríamos conectados mundialmente, que a antiga guerra fria teria dado lugar a outras guerras, que conseguimos dizimar muitas doenças e que outras mais assolavam o planeta? Teria muita coisa a dizer sobre o hoje para as pessoas de ontem, mas creio que elas não nos dariam ouvidos. E o que de menos grave poderia acontecer e que seriamos ignorados.

Ignoramos o que pode trazer mudança, ignoramos o futuro que nos aguarda e pior ainda ignoramos que podemos acompanhar de forma consciente a vida com todas as suas mudanças e revoluções.

Mas o mundo é assim mesmo, cheio de loucos hoje que serão chamados de gênios e visionários amanhã. E não é de hoje que jogamos pedra em pessoas e ideias que achamos absurdo, pois tudo que promove revolução em nosso mundo particular com o qual estamos acostumados deve ser evitado e se não pudermos evitar devemos tentar destruir, quando as turbulências que indicam modificação se encaixam e acomodam nos costumes do dia a dia compreendemos o novo e este se tornar parte de nosso cotidiano tudo fica normal.

Uma parte do problema acredito eu é que estamos acostumados que tudo deve ter uma hierarquia a se obedecer e esquecemos que as ideias são as ferramentas mais importantes.

São as ideias, as possibilidades que imaginamos, a famosa frase incompleta que brota no fundo de nossa mente “…e se…” que demonstram que a vida vale o resultado, mesmo que a maioria daquilo que imaginamos jamais saia para o mundo pratico, pois isto tudo se converte no melhor programa educacional a que nos submetemos, como Linus Pauling disse certa vez: “eu tenho um monte de ideias e descarto as ruins”.

Copyright: Sociedade Brasileira de Bugei - Todos os direitos reservados